Capa / Entrevistas / Entrevista
 
 
Tamanho
   

Cardoso: “A juventude não é o futuro do País. A juventude é o presente do Brasil”

Roque Sá     
Sérgio Cardoso é presidente nacional da JSB
10/05/2012 -

A importância do voto as 16 anos, a campanha “Escolha votar neste ano“, o papel da juventude brasileira e a atuação da Juventude Socialista Brasileira (JSB) em todo País, foram os temas abordados pela jornalista Maita Rocha, do Portal PSB, em entrevista exclusiva com o presidente Nacional da JSB, Sérgio Cardoso.  Durante a entrevista, Cardoso deixou claro que a juventude não é o futuro do País e sim o presente do Brasil. Confira:

Portal PSB: Qual a importância do voto aos 16 para a juventude brasileira e, principalmente, para o país?

Sérgio Cardoso: O voto do jovem a partir dos 16 anos é de suma importância para o Brasil. Nós entendemos que o jovem deve ser protagonista no processo e na construção do país. É importante lembrar que a Juventude sempre esteve presente nas grandes decisões democráticas, desde a luta pelo “Petróleo é Nosso”, na década de 80, passando pelas “Diretas Já!”, pelo período do “Fora Collor”, dos “Caras Pintadas”e chegando até os dias atuais. Podemos afirmar, então, que a juventude sempre foi a maior protagonista nos processos decisórios do País.
O jovem precisa tomar consciência da sua importância e derrubar, portanto, aquela máxima de que a juventude é o futuro do Brasil. A juventude não é o futuro do País. A juventude é o presente deste País. E esse presente, nós construímos com lutas.
Atualmente, quem levanta essa ideia de que o jovem é o futuro, nada mais é do que os políticos do atraso e a mídia manipuladora, que convocam os jovens a participarem de marchas no Brasil afora, dizendo o que devem fazer. Nós temos que saber diferenciar o justo do injusto, o correto do incorreto, o bom político do mau político. Tomar consciência e criar uma massa crítica, para que o jovem possa de fato despertar para a sua importância no processo decisório e na construção do Brasil.

Portal PSB: O que a Juventude do PSB vem fazendo para divulgar e trazer mais jovens às urnas?

Sérgio Cardoso: Nós da JSB sempre estivemos presentes na campanha pelo primeiro voto. Estamos organizados em 16 estados brasileiros com a campanha “Escolha votar neste ano”. Concordamos que cada Estado tem liberdade para desenvolver a campanha conforme a realidade apresentada. E o resultado tem sido bastante interessante. Hoje, em um balanço parcial, nós já temos algo próximo a quatro mil títulos de eleitor tirados Brasil afora com intervenção clara da JSB.
Seja dentro da sala de aula, na porta de escola, nas filas dos cartórios, em todos os lugares a JSB está presente para orientar. Não adianta tirar o título do eleitor sem ter consciência do seu papel e, infelizmente, a grande maioria dos jovens está retirando o título do eleitor sem orientação política. É nessa hora que a equipe da JSB entra na fila do cartório com o papel de conscientizar o jovem da importância do voto.
Nós não queremos números. Nós queremos conscientizar, queremos uma massa crítica, provocar a juventude. A JSB quer ser essa bola provocadora, que faça a juventude brasileira refletir, realmente, qual é o seu papel.
Como costumo dizer para os jovens, “a revolução, a mudança que você quer do mundo está em você. Você olha na frente do espelho, aquele cara que apareceu no reflexo é você, e é com quem você vai poder contar”. Ou seja, o próprio jovem é convocado a criar as mudanças.

Portal PSB: Na sua opinião, como presidente Nacional da Juventude Socialista Brasileira, os jovens de hoje estão conscientes da importância do voto?

Sérgio Cardoso: Então, hoje quando a mídia diz: todo político é corrupto. Ora, não é verdade. Atitudes como pagar uma propina para o guarda ou até mesmo furar uma fila, são métodos de corrupção, e isso não significa ser menos corrupto do que o político que está roubando o erário.
Nós compreendemos que existem os bons na política e é por isso que lutamos. A JSB é a resistência da juventude brasileira. Nós queremos mostrar que ainda existe esperança, mas essa esperança só existe a partir do momento que os jovens se conscientizam do seu papel e da sua importância, para, então, passar a construir conosco.
A frase, “os bons se omitem e o mal prevalece” é uma realidade. Portanto, queremos mudar essa realidade, e a resposta tem sido a melhor possível, a juventude tem correspondido e tem lutado contra o mal. Nós estamos em todas as intervenções, apresentamos o texto de Bertolt Brecht sobre o Analfabeto Político. É um texto muito forte e impactante que convida o jovem a refletir e saber da sua importância.
A JSB está focada na conscientização e na importância do voto. O jovem precisa despertar para que as mudanças possam acontecer no País. Nós somos o presente do Brasil.

Portal PSB: E como o jovem pode ser o presente do País?

Sérgio Cardoso: Precisamos apresentar as nossas demandas, colocar na ordem do dia do País as nossas faltas. Por exemplo, está em votação no Senado Federal o Estatuto da Juventude. A JSB é protagonista nesse processo. Mas, a resposta precisa chegar à  outra ponta. Precisa chegar à base.
Atualmente, nós temos oito Gestores de Juventude nos Estados. Estamos gerindo as políticas públicas de juventude em oito Estados: Amapá, Acre, Ceará, Pernambuco, Paraíba, Espírito Santo, Piauí e Alagoas, o que significa que a JSB não é coadjuvante no processo decisório.
Posso citar vários exemplos que são reflexos da importância do voto aos 16 anos. Nós temos no Amapá o Crédito para a Juventude, com o companheiro Alex Nazaré, que oportuniza os jovens a serem empreendedores, a decidir, a ditar os rumos da sua vida, do seu futuro. Nós temos no Acre, com o companheiro Tiago Higino, a questão da Brigada Jovem; em Pernambuco, com a companheira Raquel Lyra, as Casas da Juventude, ou seja, nós temos políticas públicas de juventude executadas na ponta. A JSB executa, e estamos credenciados a convidar a juventude brasileira a lutar conosco.

Portal PSB: Nas últimas eleições houve uma queda de aproximadamente 18% da retirada de títulos dos jovens de 16 e 17 anos. Seria pela atual situação do país na política ou pelo fato de os jovens acharem que não estão preparados? Este ano será diferente?

Sérgio Cardoso: O que a Juventude Socialista Brasileira (JSB) está sentindo é que este ano será diferente. Haverá um aumento da participação dessa parcela do eleitorado que corresponde aos 16, 17 anos. Nós entendemos que essa série de escândalos na política brasileira tem colaborado para, de fato, trazer, plantar e semear no jovem o desestímulo. Contudo, a resposta que nós estamos tendo nas salas de aula dos Estados e municípios é contrária, ela confronta os números da eleição passada. O jovem, hoje, quer participar, quer mudanças, quer dizer que tem sangue novo.
Atualmente, somos mais de 50 milhões de jovens brasileiros. O que significa que somos uma parcela importante, ou seja, a pauta do dia, a ordem do dia é a juventude. Nós temos a certeza de que neste ano de 2012 a participação da juventude vai aumentar. Não só a participação, o que nós mais trabalhamos é a parte da conscientização, mostrar para o jovem que o voto tem consequência e esta pode ser gravíssima e duradoura.

Portal PSB: 2012, ano de eleição, qual o recado aos jovens brasileiros a JSB tem para transmitir?

Sérgio Cardoso: Você jovem é convidado pela JSB a deixar de ser coadjuvante nesse processo, a deixar de que os outros decidam por você. Você é convidado a ser protagonista. A vir escrever a sua história. Nós temos que acabar com a ideia do revolucionário do momento. O Brasil não precisa de revoltadinho de momento.
O Brasil realmente precisa de uma juventude que tome a ponta do processo e que venha ditar os rumos do País. Nós temos que acabar com essa história de que somos o futuro do país. Nós somos o presente.
Você jovem é convidado a sair, a levantar do sofá, a mostrar a cara, a ir para as ruas, a ir para sua escola e criar centros acadêmicos, diretórios dos estudantes, a não deixar que a parcela que ainda dorme, que ainda continua na inércia nesse País, venha envolver você nesse processo. Nós temos muito a conquistar no Brasil, são muitas e muitas bandeiras que estão a sua espera e nós esperamos contar com você. A JSB está de braços abertos para receber você e estar do seu lado nessa luta.

 

 

Maita Rocha - Assessoria de Imprensa do PSB Nacional
 
 
 
 
 
   
Copyright © 2011 Partido Socialista Brasileiro - PSB
SCLN 304, Bloco A, Sobreloja 01, Entrada 63